Revista de Pediatria SOPERJ

ISSN 1676-1014

Logo Soperj

Novembro 2008 - Volume 9  - Número 2

Editorial

1 - Editoriais

Carlos Alberto Bhering

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0


Revisões em Pediatria

2 - A resistência do Streptococcus pneumoniae em crianças com infecções respiratórias

Streptococcus pneumoniae resistance in children with respiratory infections

Roberta Costa Palmeira; Sidnei Ferreira; Maria de Fátima Pombo March; Clemax Couto Sant'Anna

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0

Resumo

INTRODUÇÃO: O Streptococcus pneumoniae é um agente etiológico importante, especialmente de pneumonia, meningite e sepse, com ênfase na faixa etária pediátrica, podendo causar doença grave e invasiva. O aumento da resistência antibiótica é um fenômeno mundial, e um exemplo atual é a disseminação do Streptococcus pneumoniae resistente à penicilina. Dentre os fatores que contribuem para a emergência da resistência aos antibióticos, o uso indiscriminado e excessivo de antibióticos, tem fundamental importância, assim como o convívio em creches.
OBJETIVO: Descrever o perfil de resistência do Streptococcus pneumoniae no Brasil e em alguns países, assim como avaliar estratégias de controle.
METODOLOGIA: Revisão da literatura a partir dos sistemas Medline/Pubmed entre 1996 e 2007. Foram utilizados os descritores Streptococcus pneumoniae, pneumococo, resistência, penicilina.
CONCLUSÕES: O aumento da resistência antibiótica e sua distribuição universal têm implicações importantes no paciente pediátrico. Fatores de risco devem ser combatidos, evitando o uso indiscriminado de antibióticos, assim como incentivar o uso da vacina antipneumocócica. A penicilina tem sido a droga de escolha para o tratamento de infecção pneumocócica, na maioria dos países.


Palavras-chave: Streptococcus pneumoniae, Pneumococo, Resistência, Penicilina, Infecção respiratória, Criança

3 - Doença celíaca: características clínicas e métodos diagnósticos

Celiac disease: clinical characteristics and the diagnostic methods

Silvio da Rocha Carvalho; Josiane Santos de Lima Pereira; Antonio Celso Calþado; Josther Gracia; JosÚ CÚsar da Fonseca Junqueira; Sheila Nogueira PÚrcope Rodrigues Guerra; Marcia Angelica Bonilha Valladares; M¶nica Maria Cardoso Monnerat

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0

Resumo

OBJETIVO: Apresentar de forma atualizada o conceito, as características clínicas e os métodos diagnósticos da doença celíaca. Método: Referências obtidas no Medline, arquivos pessoais, artigos recentes de revisão.
RESULTADO: A doença celíaca é uma enteropatia crônica e permanente desencadeada pelo glúten, caracterizada histologicamente por atrofia subtotal ou total da mucosa do intestino delgado causando a síndrome de má-absorção. No indivíduo geneticamente predisposto, o glúten ingerido desencadeia uma reação imunológica, mediada por linfócitos, responsável pela agressão à mucosa intestinal. Pode-se apresentar de forma clássica, atípica ou assintomática. Seu diagnóstico baseia-se na apresentação clínica, nos testes sorológicos específicos e na biópsia de intestino delgado. O tratamento consiste na retirada, de forma permanente, do glúten da dieta.
CONCLUSÃO: A doença celíaca até há pouco tempo era considerada uma doença rara. Resulta da interação de fatores ambientais (glúten), predisposição genética (HLA DQ2/DQ8) e fatores imunológicos (auto-anticorpos). Com o surgimento dos testes sorológicos específicos e a associação da doença com determinados grupos de risco, sua prevalência no Brasil se tornou similar à encontrada na Europa e nos Estados Unidos. Pode afetar diversos órgão e sistemas, o que dificulta seu diagnóstico e tratamento. Os indivíduos não diagnosticados, ou que não seguem as recomendações dietéticas, apresentam um risco elevado de complicações graves e doenças malignas do aparelho digestivo.


Palavras-chave: doença celíaca, síndrome disabsortiva, glúten

4 - Febre reumática - ainda um desafio

Rheumatic fever - still a challenge

Katia Lino Baptista Mourilhe Rocha; Rodrigo Moulin Silva

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0

Resumo

INTRODUÇÃO: A febre reumática continua sendo de alta prevalência em países em desenvolvimento e é responsável por alto impacto sócio-econômico, sendo a principal causa de cardiopatia adquirida na infância. Ainda hoje, existem diversas controvérsias em seu diagnóstico e manejo.
OBJETIVO: Rever o papel dos critérios de T. Duckett-Jones, identificar falhas nas políticas públicas e tentar unificar condutas terapêuticas e de profilaxia.
MÉTODOS E FONTES DOS DADOS: Revisão não sistemática da literatura nacional e internacional, através de busca pelo PubMed, referente aos ao período de 1965 a 2007. Literatura disponível no MEDLINE e acessível pelo portal da CAPES. Foram listados mais de 300 artigos, sendo selecionadas 46 referências para esta revisão, incluindo livros-texto reconhecidamente importantes.
SÍNTESE DOS DADOS: A febre reumática ainda necessita de políticas de saúde mais agressivas, com treinamento de pessoal e fornecimento de medicações básicas, além de ações educacionais. São necessárias implementações de medidas para melhorar a adesão ao regime terapêutico e maior acesso a métodos laboratoriais e de imagem (ecocardiograma). Atualmente, surge nova esperança no combate à doença com o desenvolvimento inicial de vacinas anti-estreptocócicas.


Palavras-chave: Febre Reumática, Cardiopatia Reumática, Estreptococo, Penicilina Benzatina, Coréia.

5 - Síndrome das bandas amnióticas

Clinical report: amniotic band syndrome

Erika Maria de Macedo; VÝtor Pereira Alves Martins; Edvaldo Alves Costa Neto; ThaÝs Bittencourt de Oliveira Pires; Maria Ribeiro Elisa Lenzi; Kleiton Santos Neves; Ada Lobato Quattrino

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0

Resumo

OBJETIVO: Relatar um caso de Síndrome das bandas amnióticas cujo diagnóstico foi tardio e em faixa etária não habitual.
DESCRIÇÃO: Escolar de 11 anos de idade, sexo feminino, compareceu ao ambulatório de Dermatologia do Hospital Escola Luiz Gioseffi Januzzi com queixas de lesões cutâneas e prurido na perna esquerda com um ano de evolução. Ao exame apresentava constrições anulares nos terceiro, quarto e quinto quirodáctilos esquerdos; ausência das falanges distal e medial no segundo quirodáctilo, distal do terceiro e proximal do quarto quirodáctilos esquerdos e sindactilia entre terceiro e quarto quirodáctilos esquerdos. Havia também constrições anulares na parte proximal da perna esquerda e nos primeiro e segundo pododáctilos esquerdos e ausência da falange distal nos primeiro e terceiro pododáctilos esquerdos e no segundo pododáctilo direito. Apresentava fenda palatina e cicatriz de correção de lábio leporino. Na anamnese havia história gestacional de amniorrexe prematura sem outras intercorrências. Foram solicitados exames radiológicos de membros, tórax e pelve e Ultra-som abdominal. No exame radiológico dos membros evidenciamos apenas lesões na mão esquerda e pés direito e esquerdo.Raio X de tórax, pelve e ultra-som abdominal sem alterações.


Palavras-chave: Síndrome das bandas amnióticas, Fenda palatina, Lábio leporino Relato de Caso Objective: To present a case of amniotic band syndrome with late diagnosis in unusual age.

6 - O pneumococo e as pneumonias na infância

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0


Palavras-chave: Síndrome das bandas amnióticas, Fenda palatina, Lábio leporino Relato de Caso Objective: To present a case of amniotic band syndrome with late diagnosis in unusual age.

Teses e Dissertações

7 - Avaliação da eficácia clínica de uma nova modalidade de fototerapia utilizando diodos emissores de luz -LED

Bianca MR Martins

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0


Palavras-chave: Síndrome das bandas amnióticas, Fenda palatina, Lábio leporino Relato de Caso Objective: To present a case of amniotic band syndrome with late diagnosis in unusual age.

8 - Gestantes colonizadas pelo estreptococos do grupo B e seus recém nascidos : análise crítica da conduta adotada no Instituto Fernandes Figueira

Natalie Del-Vecchio Lages Costa

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0


Palavras-chave: Síndrome das bandas amnióticas, Fenda palatina, Lábio leporino Relato de Caso Objective: To present a case of amniotic band syndrome with late diagnosis in unusual age.

9 - Toxoplasmose na gestante e no recém-nascido: estudo de crianças e de suas mães que apresentaram sorologia sositiva (Igm) durante o período gestacional

Melino Pessanha

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0


Palavras-chave: Síndrome das bandas amnióticas, Fenda palatina, Lábio leporino Relato de Caso Objective: To present a case of amniotic band syndrome with late diagnosis in unusual age.

Revisões em Pediatria

10 - Ficha de Avaliação - Respostas

Revista de Pediatria SOPERJ - V.2008;9(2):0


Palavras-chave: Síndrome das bandas amnióticas, Fenda palatina, Lábio leporino Relato de Caso Objective: To present a case of amniotic band syndrome with late diagnosis in unusual age.