Revista de Pediatria SOPERJ

ISSN 1676-1014

Logo Soperj

Normas de Publicação

Setembro de 2017

A Revista de Pediatria SOPERJ aceita trabalhos para as seguintes seções:

Editorial: texto encaminhado a convite do corpo editorial, sobre temas atuais, relevantes e que mereçam destaque. Também pode conter comentários sobre artigos publicados na revista, realizados através de convite do corpo editorial a especialistas sobre o tema debatido. O texto deve ter no máximo 800 palavras, seis referências e não deve conter ilustrações.

Artigo original: inclui estudos epidemiológicos, clínicos ou experimentais. O texto deve ter no máximo 3.000 palavras, excluindo página de rosto, resumo, abstract, tabelas, gráficos, figuras e referências; o número de referências não deve exceder a 30. O número total de tabelas, figuras e gráficos não pode ser maior do que quatro.

Artigo de revisão: revisão da literatura a respeito de um tema. Metanálises estão incluídas nesta categoria. O texto deve ter no máximo 5.000 palavras, excluindo página de rosto, resumo, abstract, tabelas, gráficos, figuras e referências. As referências bibliográficas deverão ser atuais e em número mínimo de 30 e máximo de 60. O número total de tabelas, figuras e gráficos não pode ser maior do que seis.

Relato de caso: o texto deve ter no máximo 2.000 palavras, excluindo página de rosto, resumo, abstract, tabelas, gráficos, figuras e referências; o número de referências não deve exceder a 15. O número total de tabelas, figuras e gráficos não pode ser maior do que dois.

Comunicação breve: artigo curto que descreva observações experimentais que não justificam a publicação como artigo original. O texto deve ter no máximo 1.500 palavras, excluindo página de rosto, resumo, abstract, tabelas, gráficos, figuras e referências. O texto pode ser organizado como um artigo original. O número de referências não deve exceder a 15. O número total de tabelas, figuras e gráficos não pode ser maior do que dois.

Relato de experiência: descrição de experiências acadêmicas, assistenciais ou de extensão que contribuam para conhecimentos na área da saúde da criança e do adolescente. O texto deve ter no máximo 2.000 palavras, excluindo página de rosto, resumo, abstract, tabelas, gráficos, figuras e referências; o número de referências não deve exceder a 15. O número total de tabelas, figuras e gráficos não pode ser maior do que dois.

Resumo de dissertação, monografia e tese: reprodução de resumo e abstract de teses e dissertações. O texto deve ter no máximo 500 palavras.

Carta ao editor - crítica de artigos publicados em números anteriores da Revista de Pediatria SOPERJ. O texto deve ter no máximo 800 palavras, sem ilustrações e com no máximo seis referências.

PREPARAÇÃO GERAL DE MANUSCRITOS

O artigo deverá ser digitado em formato A4 (210x297mm), com margem de 25 mm em todas as margens, espaço duplo em todas as seções. Empregar fonte Times New Roman tamanho 11 e processador de textos Microsoft Word®.

Os autores deverão enviar, por meio do sistema ScholarOne (https://mc04.manuscriptcentral.com/revistasoperj) carta de submissão assinada por todos os autores contemplando os seguintes aspectos:

  • Os autores devem referir que o artigo é original, nunca foi publicado, não foi e não será enviado a outra revista enquanto sua publicação estiver sendo considerada pela Revista de Pediatria SOPERJ.
  • Os autores devem autorizar a transferência de direitos autorais, no qual reconhecem que, a partir da submissão, a Revista de Pediatria SOPERJ passa a ser detentora dos direitos autorais do manuscrito;Os autores devem informar as contribuições de cada participante para a elaboração do artigo, que devem ser especificadas e seguir os critérios de autoria baseados nos requisitos uniformes do Comitê Internacional de Editores de Periódicos Médicos. O reconhecimento de autoria deve estar baseado em contribuições substanciais para a concepção e design, aquisição de dados, análise ou interpretação dos dados e redação do artigo ou revisão crítica do seu conteúdo, além da aprovação final da versão a ser publicada. Os autores devem satisfazer as três condições;
  • Declaração de conflito de interesse: descrever ligação de qualquer um dos autores com empresas e/ou companhias que possam ter qualquer interesse na divulgação do manuscrito submetido à publicação. Se não houver nenhum conflito de interesse, escrever "nada a declarar";
  • Para artigos originais, comunicações breves, relatos de caso, relatos de experiência e resumos de monografias, dissertações e teses que tenham utilizado dados primários ou envolvendo seres humanos, será necessária a comprovação da aprovação do projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa responsável, citando a data da aprovação e o número do CAAE gerado pela Plataforma Brasil. Somente serão aceitos os trabalhos elaborados de acordo com a resolução nº466/12 do Conselho Nacional de Saúde/MS, que regulamenta pesquisa envolvendo seres humanos.


NORMAS DETALHADAS

RESUMO E ABSTRACT:

Cada um deve ter, no máximo, 250 palavras. Não usar abreviaturas. Devem ser estruturados de acordo com as seguintes orientações:

  • Resumo de artigo original: deve conter as seções Introdução, Objetivo, Métodos, Resultados e Conclusões (Abstract: Introduction, Objective, Methods, Results,and Conclusions).
  • Resumo de artigo de revisão: deve conter as seções Introdução, Objetivo, Fontes de dados, Síntese dos dados e Conclusões (Abstract: Introduction, Objective, Data source, Data synthesis and Conclusions).
  • Resumo de relato de caso: deve conter as seções Introdução, Objetivo, Descrição do caso e Discussão (Abstract: Introduction, Objective, Case description and Discussion).
  • Comunicação breve: deve conter as seções Introdução, Objetivo, Métodos, Resultados e Conclusões (Abstract: Introduction, Objective, Methods, Results,and Conclusions).
  • Relato de experiência: deve conter as sessões Introdução, Objetivo, Relato da experiência, e Considerações finais (Abstract: Introduction, Objective, Experience report and Final considerations)
  • Resumo de monografia, dissertação e de tese: deve conter as seções Introdução, Objetivo, Métodos, Resultados e Conclusões (Abstract: Introduction, Objective, Methods, Results and Conclusions).


PALAVRAS-CHAVE E KEY-WORDS:

Fornecer, abaixo do resumo em português e inglês, 3 a 6 descritores, que auxiliarão a inclusão adequada do resumo nos bancos de dados bibliográficos. Empregar exclusivamente descritores da lista de "Descritores em Ciências da Saúde" elaborada pela BIREME e disponível no site http://decs.bvs.br/. Esta lista mostra os termos correspondentes em português e inglês.

TEXTO:

Artigo original: dividido em introdução (justificando o trabalho e contendo no final os objetivos do trabalho); método (especificar o delineamento do estudo, descrever a população estudada e os métodos de seleção da amostra se pertinente ao tipo de trabalho, definir os procedimentos empregados e detalhar a análise); resultados (claros e objetivos - o autor não deve repetir as informações contidas em tabelas e gráficos no corpo de texto); discussão (interpretar os resultados e comparar com os dados de literatura, enfatizando os aspectos importantes do estudo, suas implicações e limitações); conclusões (ressalta as conclusões pertinentes aos objetivos do estudo). Em estudos com metodologia qualitativa, os resultados e a discussão poderão ser apresentados em uma única seção.

Artigo de revisão: sugere-se que tenha uma introdução para enfatizar a importância do tema, o método que inclui as fontes de dados utilizadas para proceder à revisão, os resultados da revisão propriamente dita, seguida por comentários e, quando pertinente, por considerações finais e /ou recomendações.

Relato de caso: dividido em introdução (ressaltando o que é conhecido a respeito da doença ou do procedimento em questão); descrição do caso propriamente dito (não colocar dados que possam identificar o paciente) e discussão (na qual é feita a comparação com outros casos da literatura e a perspectiva inovadora ou relevante do caso em questão).

Comunicação breve: o texto pode ser organizado como um artigo original, dividido em introdução (justificando o trabalho e contendo no final os objetivos do trabalho); método (especificar o delineamento do estudo, descrever a população estudada e os métodos de seleção da amostra se pertinente ao tipo de trabalho, definir os procedimentos empregados e detalhar a análise); resultados (claros e objetivos - o autor não deve repetir as informações contidas em tabelas e gráficos no corpo de texto); discussão (interpretar os resultados e comparar com os dados de literatura, enfatizando os aspectos importantes do estudo, suas implicações e limitações); conclusões (ressalta as conclusões pertinentes aos objetivos do estudo). 

Relato de experiência: dividido em introdução (justificando o relato e contendo no final os objetivos do trabalho), relato da experiência, discussão (baseando-se na literatura) e considerações finais.

Resumo de monografia, dissertação e de tese: dividido em introdução, objetivos, metodologia, resultados e conclusão.

AGRADECIMENTOS:

Agradecer de forma sucinta a pessoas ou instituições que contribuíram para o estudo, mas que não cumpram os critérios de autoria.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

As referências devem ser formatadas no estilo Vancouver, também conhecido como o estilo Uniform Requirements, que é baseado em um dos estilos do American National Standards Institute, adaptado pela U.S. National Library of Medicine (NLM) para suas bases de dados.

Os autores devem consultar Citing Medicine, The NLM Style Guide for Authors, Editors, and Publishers
(http://www.ncbi.nlm.nih.gov/bookshelf/br.fcgi?book=citmed) para informações sobre os formatos recomendados para uma variedade de tipos de referências. Podem também consultar o site "sample references"
(http://www.nlm.nih.gov/bsd/uniform_requirements.html), que contém uma lista de exemplos extraídos ou baseados em Citing Medicine, para uso geral facilitado; essas amostras de referências são mantidas pela NLM.

As referências bibliográficas devem ser numeradas e ordenadas segundo a ordem de aparecimento no texto, no qual devem ser identificadas pelos algarismos arábicos respectivos sobrescritos.

Para listar as referências, não utilize o recurso de notas de fim ou notas de rodapé do Word.

Artigos aceitos para publicação, mas ainda não publicados, podem ser citados desde que indicando a revista e que estão "no prelo". Observações não publicadas e comunicações pessoais não podem ser citadas como referências; se for imprescindível a inclusão de informações dessa natureza no artigo, elas devem ser seguidas pela observação "observação não publicada" ou "comunicação pessoal" entre parênteses no corpo do artigo.

Os títulos dos periódicos devem ser abreviados conforme recomenda o Index Medicus; uma lista com suas respectivas abreviaturas pode ser obtida através da publicação da NLM "List of Serials Indexed for Online Users", disponível no endereço http://www.nlm.nih.gov/tsd/serials/lsiou.html.

Para informações mais detalhadas, consulte os "Requisitos Uniformes para Originais Submetidos a Revistas Biomédicas". Este documento está disponível em http://www.icmje.org/.

TABELAS:

Cada tabela deve estar em folha separada, numerada na ordem de aparecimento no texto e conter um título. As explicações devem estar no rodapé da tabela e não no título. Digitar as tabelas no processador de textos Word, usando linhas e colunas. Não importar tabelas do Excel ou do Powerpoint.

GRÁFICOS:

Numerar os gráficos de acordo com a ordem de aparecimento no texto e colocar um título abaixo do mesmo. Os gráficos devem ser sempre em duas dimensões, em branco/preto (não usar cores) e feitos em PowerPoint. Mandar em arquivo ppt separado do texto: não importar os gráficos para o texto. A Revista de Pediatria SOPERJ não aceita gráficos escaneados.

FIGURAS:

As figuras devem ser numeradas na ordem de aparecimento do texto. As explicações devem constar da legenda (mandar legenda junto com o arquivo de texto do manuscrito, em página separada). Figuras reproduzidas de outras fontes devem indicar esta condição na legenda e devem ter a permissão por escrita da fonte para sua reprodução. A obtenção da permissão para reprodução das imagens é de inteira responsabilidade do autor. Para fotos de pacientes, estas não devem permitir a identificação do indivíduo - caso exista a possibilidade de identificação, é obrigatória carta de consentimento assinada pelo indivíduo fotografado ou de seu responsável, liberando a divulgação do material. Imagens geradas em computador devem ser anexadas nos formatos .jpg, .gif ou .tif, com resolução mínima de 300 dpi, em arquivo separado (não importar para o texto). A Revista de Pediatria SOPERJ não aceita figuras escaneadas.

SUBMISSÃO ON LINE:

Para submeter um novo artigo para revista de Pediatria da SOPERJ, o autor deverá entrar no sistema ON-LINE (https://mc04.manuscriptcentral.com/revistasoperj). Caso o usuário não tenha cadastro, deverá fazer clicando no link "Create an Account" na página inicial.

Ao entrar no sistema o autor deverá preencher todos os campos necessários de acordo com as regras aqui supra citadas. Para detalhamento da submissão segue abaixo link para um pequeno manual de como executar uma submissão de artigo novo para a revista.

- Instruções para Submissão de artigo no ScholarOne

Ao terminar a submissão de seu trabalho, será gerado um e-mail informando se a submissão foi efetuada corretamente, e quando seu trabalho for recebido e conferido se está dentro dos padrões também será gerado outro e-mail. Caso o artigo esteja "Fora de padrão", o autor será avisado por e-mail e poderá corrigi-lo entrando no sistema.

O autor que submeteu o trabalho poderá acompanhar a tramitação de seu trabalho a qualquer momento pelo, através do código de fluxo gerado automaticamente pelo sistema, ou ainda pelo título de seu trabalho.
Importante: Como o sistema gera e-mails automaticamente conforme seu artigo estiver tramitando, é imprescindível, que o autor DESABILITE seus filtros de SPAM em seus respectivos provedores, ou que configurem suas contas de e-mail para ACEITAR qualquer mensagem do domínio @soperj.org.br. Para informações sobre como configurar seu filtro de spam entre em contato com seu provedor de acesso.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO DOS MANUSCRITOS

O processo de avaliação do mérito científico do artigo leva em consideração a observância do atendimento do formato previsto nas normas editoriais, ressaltando o potencial do manuscrito para publicação e o possível interesse do tema para o público-alvo da revista.

Todo o conteúdo publicado pela Revista de Pediatria SOPERJ passa por um processo de revisão por especialistas (peer review). Cada artigo submetido para avaliação é encaminhado aos editores da revista, que realizam uma revisão inicial quanto aos padrões mínimos de exigência da Revista de Pediatria SOPERJ e ao atendimento de todas as normas requeridas para envio dos trabalhos originais. A seguir, os editores remetem o artigo a dois revisores especialistas na área pertinente (consultores ad hoc), pesquisadores de competência estabelecida na área específica de conhecimento, selecionados de um cadastro de revisores. Os revisores são sempre de instituições diferentes da instituição de origem do artigo e desconhecem a identidade dos autores e o local de origem do trabalho, sendo adotados o sigilo e o anonimato para autor(es) e revisor(es) durante todo o processo de análise do manuscrito.

É importante ressaltar que os artigos que não apresentem mérito científico, contenham erros significativos de metodologia, ou não se enquadrem no perfil editorial da revista, serão recusados diretamente pelo Corpo Editorial, não cabendo recurso.

Após receber ambos os pareceres dos revisores, o Conselho Editorial da revista os avalia e decide pela aceitação do artigo sem modificações, pela recusa ou pela devolução aos autores com as sugestões de alterações a serem realizadas. Em caso de discrepâncias entre os avaliadores, solicita-se uma terceira opinião para melhor julgamento. De acordo com a avaliação, o artigo submetido pode retornar o número de vezes necessário aos autores para esclarecimentos e, a qualquer momento, pode ter a sua recusa determinada, cabendo enfatizar que cada versão é sempre analisada pelo Conselho Editorial, que detém o poder da decisão final em relação à publicação ou não do manuscrito submetido.

Não serão permitidos acréscimos ou alterações no artigo após o envio para composição editorial e o fechamento do número da revista.

O conteúdo presente nos manuscritos é de responsabilidade exclusiva dos autores.

A Revista de Pediatria SOPERJ somente recebe material submetido à publicação pelo site.